Dicas de FaxinaOrganização da casa

Dicas para seus filhos ajudarem na limpeza e arrumação da casa

Kids washing the dishes in the kitchen

Acumular o trabalho fora, o cuidado com os filhos e a manutenção da casa não é tarefa fácil. No entanto, quando toda a família colabora com a limpeza e a arrumação do lar, o dia a dia se torna muito melhor, sobrando até algum tempinho para que se possa dedicar a outras atividades. Nessa empreitada, é importante que os filhos — sejam eles meninos ou meninas — conheçam, desde cedo, suas obrigações e percebam que é necessário ajudar os pais com os serviços domésticos.

Com um pouco de criatividade, paciência e bastante diálogo, é possível, sim, distribuir as funções sem ser visto como o vilão da história. Os filhos devem perceber essa colaboração como algo natural, que faz parte da rotina da família e traz retornos positivos para todos. Quer saber como conseguir essa façanha? Então confira agora mesmo nossas dicas:

Ofereça escolhas

Dar poder de escolha e decisão faz com que a realização das tarefas fique muito mais fácil — e, quem sabe, até prazerosa. Nessas situações, não adianta simplesmente impor o que acha melhor. É preciso deixar que seus filhos escolham o que preferem fazer, entendendo que essa será sua obrigação daquele momento em diante. O mais importante é incentivar o senso de compromisso e de cooperação, e não exatamente o de realização de tarefas.

Cobre proporcionalmente

Conforme os filhos começam a crescer, é possível exigir um pouco mais de cada um, aumentando proporcionalmente as responsabilidades. Para uma criança de até 4 anos, obrigações pequenas e simples, como guardar os brinquedos e sapatos no lugar, já são o suficiente. Já para crianças com mais de 11 anos, é possível delegar outras tarefas, como tirar o pó dos móveis da sala, passar aspirador ou lavar a louça do almoço, por exemplo.

Determine rotinas

Para que as obrigações da casa sejam levadas a sério, é preciso criar um cronograma com os dias e horários certos para a realização das tarefas. Existem as atividades diárias, como lavar a louça e arrumar a cama, por exemplo, e as que podem acontecer com um maior intervalo de tempo, como passar pano na casa. O importante é que as crianças entendam que isso deve ser feito de acordo com o combinado e no período determinado — quando chegarem da escola, depois de seu programa de TV preferido ou antes de descerem no prédio para brincar —, determinações que podem, inclusive, ser decididas em conjunto.

Elogie o trabalho realizado

Todo trabalho deve ser elogiado pelos pais, mesmo que pareça ser uma atividade bem simples. Ter esse reconhecimento é muito positivo para os filhos, demonstrando que você realmente percebe o quanto eles estão ajudando nas tarefas de casa. Criar o hábito de reconhecer quando algo está sendo bem feito é um costume extremamente positivo.

Deixe sem fazer

Você pode até ajudar seus pupilos no início ou, em alguns dias atípicos, negociar o horário de realização das tarefas, mas efetivamente cumprir as obrigações que foram delegadas aos filhos tira totalmente a credibilidade de tudo o que foi previamente combinado, além de demonstrar que, se eles não fizerem, outra o fará. Portanto, mantenha-se firme!

E então, você já tem essa ajuda em casa? Como funciona essa rotina de limpeza e arrumação em conjunto? Qual das nossas dicas vai ajudar mais esse processo? Comente aqui e compartilhe conosco suas experiências e impressões!

 

Comentários

Leave a Response