BlumpaDestaqueDiaristasDicas de FaxinaQualificação profissional

Coronavírus: dicas de como higienizar os aparelhos eletrônicos

Com muita gente em quarentena, o uso de aparelhos eletrônicos dentro de casa aumentou de forma considerável. Por isso, todo cuidado é necessário para a correta higienização desses itens. Aqueles que usam dispositivos eletrônicos precisam limpar as superfícies de plástico e aço com os desinfetantes adequados. Esses são os tipos de superfícies em que o coronavírus pode sobreviver por até 72 horas. 

A maioria dos produtos usados ​​para limpeza já pode estar disponível em sua casa. O Conselho Americano de Química possui uma lista de produtos aprovados . Sabão e água quente também são uma opção segura que ajudará a reduzir a propagação do vírus. 

Obviamente, sempre use o bom senso ao limpar os eletrônicos: desconecte-os primeiro, não os mergulhe e use apenas uma pequena quantidade de limpador em um pano para que a umidade não entre nas aberturas.

Celulares

Estudos recentes apontaram que em um único smartphone pode ter mais de 17 mil tipos de bactérias. Sendo assim, sempre é importante manter o seu aparelho higienizado. Em tempos de coronavírus, mais ainda.

Os dois principais fabricantes de celulares atualizaram seus sites para informar aos clientes como limpar esses dispositivos. A Apple disse em seu portal que os iPhones podem ser limpos com segurança com lenços desinfetantes. A Samsung disse que você pode limpar o dispositivo com um pano de microfibra contendo uma solução à base de álcool (70%). Um estudo do Instituto Nacional de Doenças Infecciosas de telefones celulares de 2017 encontrou uma mediana de mais de 17.000 cópias de genes bacterianos em cada uma.

Tablets

Um tablet é um computador portátil como um iPad. Você pode usar soluções à base de álcool para limpar seu dispositivo e deve prestar atenção à tela e aos botões. Remova qualquer estojo do tablet e limpe por baixo. Ao recolocar o estojo, limpe a parte externa.

Carregadores de telefone

Limpar carregadores de telefone para remover sujeira e outras impurezas, além de vírus, pode ser complicado. Você pode usar uma lata de ar comprimido e pulverizar o ar nos pequenos espaços que conecta nos aparelhos. Na parte externa, aquelas de plástico, opte por higienizar com soluções à base de álcool 70%. Em casos mais específicos, leve o carregador para ser limpo por um profissional.

Telas sensíveis ao toque

As telas sensíveis ao toque do computador podem ser limpas usando uma pequena quantidade de água morna e sabão ou uma solução específica. Ao limpar, use um pano de microfibra para evitar arranhar a tela. 

A mistura de água e o álcool também funciona, mas qualquer mistura com mais de 50% de álcool pode danificar a tela e remover o revestimento que a protege das impressões digitais.

Teclados

Os teclados têm muitos germes e são potenciais paraísos de vírus. Pesquisadores da Universidade do Arizona descobriram que a área de trabalho tem, em média, 400 vezes mais bactérias do que o assento do vaso sanitário. Um estudo do New England Journal of Medicine mostrou que o coronavírus ainda era detectável em plástico e aço por até 72 horas, o que significa que os vírus podem viver mais tempo em superfícies não porosas, como teclados. 

Sendo assim, capriche na limpeza. Os teclados devem estar desconectados e depois sacudidos. Em seguida, eles podem ser limpos de forma suave usando uma solução de álcool 70% ou lenços desinfetantes. Fique longe do alvejante e não deixe a umidade entrar nas aberturas.

Controles remotos

Agora que estamos nos protegendo, estamos assistindo muito mais televisão e usando o controle remoto, que pode potencialmente abrigar o coronavírus. Portanto, capriche na higiene desse item. E mais: faça de forma frequente.

Mouse

Como muitos dispositivos, o mouse pode ser limpo usando produtos de limpeza a base de alvejantes. Antes de iniciar a limpeza, desconecte o mouse e remova as baterias. Pesquisadores descobriram que o vírus pode sobreviver por até três dias em plástico e aço, que são comumente usados ​​em dispositivos eletrônicos como o mouse.

Monitores

Os monitores de computador não recebem contato frequente das mãos, mas os vírus ainda podem se instalar neles e, por isso, devem ser limpos periodicamente. Os agentes de limpeza não devem entrar em contato direto com os monitores e, em vez disso, as gotas do agente devem ser aplicadas a um pano de fibra.

PCs

Os computadores pessoais podem abrigar germes e vírus, e o risco aumenta à medida que mais pessoas usam o mesmo dispositivo. Um estudo publicado no American Journal of Infection Control disse que bactérias e outros micróbios potencialmente perigosos podem estar presentes em terminais de computadores compartilhados e podem ser transmitidos aos usuários. 

Antes de limpar um PC, desconecte o dispositivo. Os PCs podem ser limpos usando um pano sem fiapos, feito de microfibra. Não use aerossóis ou produtos de limpeza abrasivos e não use produtos de limpeza diretamente no computador. Verifique se não há umidade nas aberturas.

Notebooks

Freqüentemente, recebendo uso diário, os notebooks podem ser os principais portadores de germes, potencialmente espalhando bactérias e doenças. 

Um artigo do New York Times de 2018 recomendou que os usuários de notebook comecem a desligar a máquina e a remover a bateria, se isso for feito com facilidade, e depois limpar todas as fendas usando ar comprimido. A parte externa pode ser limpa com um pano de microfibra com algumas gotas de álcool – nunca aplique álcool diretamente no computador. A tela pode ser limpa com um pano de microfibra umedecido em água pura.

Nebulizadores

Os nebulizadores são máquinas que pulverizam o medicamento como uma névoa fina através de um bocal ou máscara e são frequentemente usadas para tratar a asma e outras doenças pulmonares. Como os nebulizadores geram partículas que podem transportar bactérias e vírus profundamente nos pulmões, algumas agências médicas recomendaram que seu uso seja evitado durante a pandemia. 

Eles podem ser limpos lavando o copo com água morna e deixando secar ao ar após cada uso e lavando-o com água morna e sabão no final de cada dia. Eles devem ser desinfetados pelo menos uma vez por semana.

Relógios

O coronavírus pode permanecer na superfície de vidro dos relógios. Para erradicar o vírus, use produtos como lenços desinfetantes à base de álcool ou sabão para desinfetar a superfície. 

Fones de ouvido

Os fones de ouvido podem coletar detritos e óleo da pele e, geralmente, armazenar germes ao longo do dia. Devido à sua natureza eletrônica, limpá-los pode ser complicado. Pode-se usar uma toalha com água morna misturada com uma ou duas gotas de detergente neutro. Uma pequena quantidade de álcool também pode ser usada, embora, dependendo do tipo de fone de ouvido que está sendo limpo, o álcool possa ter efeitos prejudiciais. Se for usado, deve ser seco com cuidado quando terminar.

Leitores eletrônicos

A cadeia de suprimentos de empresas de leitores eletrônicos – incluindo Amazon e Sony – foi lançada em desordem em janeiro, quando ainda estávamos conhecendo a letalidade do coronavírus. Pesquisadores descobriram que o vírus pode viver por até três dias em plástico e aço, que são comumente usados ​​em dispositivos eletrônicos como e-readers. 

Os leitores eletrônicos devem ser limpos com produtos com lenços desinfetantes à base de álcool ou sabão, e água quente para eliminar o vírus.

Impressoras

As impressoras tornaram-se onipresentes nas residências, juntamente com notebooks e computadores pessoais e, como tal, também podem hospedar o coronavírus. 

Os proprietários das impressoras são aconselhados a desligá-los antes da limpeza. Eles devem usar luvas protetoras de borracha descartáveis ​​durante a limpeza. As áreas da impressora que podem entrar em contato com seres humanos – painéis de controle ou cobertura, por exemplo – precisam ser limpas com uma solução de álcool isopropílico 70% ou mais, embora seja recomendado álcool isopropílico 99,9%. Não borrife a solução diretamente no dispositivo – coloque-o em um pano – , e use um limpador de vidro para a superfície de cópia. Antes de ligar, verifique se todas as superfícies estão secas.

Consoles de jogos

Se você é um aficionado por XBox One ou Playstation, é necessário limpar os consoles que são áreas de toque frequentes. Embora o coronavírus se espalhe através de gotículas emitidas por tosse ou espirro, as partículas podem durar até três dias em plástico e aço. Eles podem ser limpos com uma solução de álcool 70% ou com desinfetantes.

Máquinas fotográficas

Com a quarentena, muitas pessoas estão registrando esses momentos em casas em fotografias. Precisamos estar cientes de que levar uma câmera para o rosto também nos expõe a germes e vírus. Por isso, é importante limpar a câmera com um pano macio e seco que contenha álcool 70%.

Ventiladores

Se o novo coronavírus está ou não no ar ainda está em debate. No entanto, os ventiladores – incluindo ventiladores de teto, ventiladores de janela e de pé – têm o potencial de espalhar patógenos humanos em aerossol. As pessoas próximas aos ventiladores podem remover a poeira das pás usando um pano úmido ou um aspirador de pó com acessório. Também é recomendável que aqueles que estão no grupo de risco do COVID-19 usem uma máscara facial quando os ventiladores estiverem em uso.

Comentários

Leave a Response