DiaristasDicas de FaxinaLimpeza domésticaOrganização da casaQualificação profissional

Áreas e ambientes externos: dicas para uma limpeza rápida desses espaços

entrance to luxurious australian mansion

A limpeza de ambientes externos pode parecer uma tarefa extremamente complicada e trabalhosa, mas não precisa ser sempre assim. Basta que se tenha um pouquinho de organização, dedicação e paciência para o trabalho fluir. Quer saber como transformar essa árdua tarefa em algo até prazeroso? Então confira agora mesmo nossas dicas e mãos à obra:

Retirando móveis e objetos do caminho

Se você vai promover uma limpeza em um local externo — como um deck, jardim ou varanda —, primeiramente é preciso se organizar para tirar tudo o que é móvel do local. Vasos, cadeiras, mesas e itens de decoração devem ser movidos para um ambiente que não vai ser diretamente afetado pela faxina pontual. Dessa maneira, será mais fácil visualizar onde estão acumuladas as maiores concentrações de sujeira e planejar melhor a limpeza.

Limpando decks de madeira

Para começar a limpeza dos decks é preciso, antes, verificar se todas as madeiras posicionadas estão íntegras e em boa qualidade. Se você encontrar alguma peça mal posicionada ou mesmo já em processo de apodrecimento, é importante avaliar sua troca antes de fazer uma limpeza completa.

Se as madeiras estão em boas condições, é hora de partir para o ataque: um pouco de água sanitária já dá conta do recado, não sendo preciso comprar produtos específicos para esse material. Uma mão de verniz periodicamente também pode ser importante para se manter o brilho das peças.

Limpando pisos de pedra

Pisos de pedra costumam se sujar com muita facilidade, e, por esse motivo, podem ter suas cores afetadas. A água sanitária também é uma boa opção para a limpeza desses materiais, podendo ser espalhada com um simples esfregão e removida com mangueiras de alta pressão — ou alguns poucos baldes de água. Não se esqueça de, antes de sequer começar, varrer os excessos de plantas, flores e outros resíduos naturais que possam ser encontrados no local. O produto é para o piso, não para as pobres plantinhas!

Limpando pisos frios

Pisos frios, como os encontrados em alguns quintais e varandas, podem exigir um cuidado um pouco maior em sua higienização. Além de obedecerem à mesma frequência da limpeza dos pisos do interior da casa, a faxina desses materiais deve começar com a vassoura, tirando os excessos soltos de sujeira. Passe, depois, para um leve banho de água e a aplicação de uma solução específica de limpeza no piso, com o auxílio de uma escova ou um esfregão. Deixe o produto agir por alguns minutos e passe uma última camada de água no local.

Limpando vidros e janelas

As janelas e vidros, como estão diretamente relacionadas com o visual do ambiente, devem receber uma limpeza mais frequente, praticamente mensal. Tire o excesso de pó das frestas da janela com um pano ou até mesmo com um aspirador, depois prepare uma solução de 5 litros de água para 1 colher de sopa de detergente e 1 colher de sopa de álcool e use uma esponja macia para aplicar a mistura. Depois de secar, você pode aplicar um produto específico para o fim e pronto!

Limpando os móveis antes de devolvê-los

Na hora de colocar todos os móveis e itens de decoração de volta ao seu local de origem, não deixe de passar ao menos um pano úmido para ajudar a limpar o excesso de poeira ou as manchas da superfície. E aí acabou de vez!

Viu como nem são tantas etapas assim? Você tem outras dicas que gostaria de compartilhar conosco? Comente aqui e divida sua experiências e impressões! Participe!

 

Comentários

Leave a Response