Blumpa

10 lugares para conhecer no Brasil antes de morrer

São tantos os lugares para conhecer no Brasil antes de morrer que fica difícil escolher só 10. Confira nossa seleção com praia, montanha, rio, cidade, cachoeira, dunas e muito mais.

Repleto de belezas naturais por todos os cantos, fica difícil escolher quais os melhores lugares para conhecer no Brasil. Estamos falando do quinto maior país do mundo. Temos destinos para todos os gostos: praia, montanha, rio, praia de rio, cidades, cachoeiras, dunas e muito mais. Nós tivemos a árdua tarefa de escolher alguns dos melhores destinos do Brasil pra você. Inspire-se com estes 10 lugares para conhecer no Brasil antes de morrer!

Jalapão (TO)

O Jalapão é um dos melhores destinos do Brasil e um dos mais desconhecidos dos próprios brasileiros. O Jalapão é uma região que faz parte do Tocantins e faz fronteira com Bahia, Piauí e Maranhão. A paísagem de dunas incríveis pode lembrar um pouco as dunas maranhenses. A diferença no Jalapão são os fervedouros, verdadeiros óasis com água azul no meio das dunas. Nessas piscinas naturais uma areia clara e fininha fica em suspensão e impede que as pessoas afundem.

Chapada Diamantina (BA)

 

Prepare-se para encarar trilhas, grutas e a vista maravilhosa da cordilheira de montanhas onde fica a Chapada Diamantina. Lá você encontra a cachoeira da Fumaça, uma das maiores do país, com uma queda de 380 metros de altura e muitas outras cachoeiras deslumbrantes e poços para mergulhar. O principal ponto de concentração de visitantes é Lençóis.

Cataratas do Iguaçu (PR)

Você tem 275 motivos para visitar Foz do Iguaçu: 275 quedas d’água na fronteira entre o Brasil e a Argentina que fazem parte de dois parques nacionais nos dois países. Coloque a capa de chuva na mala e vá conhecer Foz já.

Inhotim/Brumadinho (MG)

 

A menos de duas horas de Belo Horizonte, na pequena cidade de Brumadinho fica o Inhotim, um verdadeiro parque de diversões para quem gosta de arte. O Centro de Arte Contemporânea Inhotim é o maior museu de arte ao ar livre da América Latina. As obras em exposição permanente incluem artistas renomados, como Adriana Varejão, Cildo Meireles, Hélio Oiticica, Yayoi Kusama e Vik Muniz. O melhor de tudo é que você pode caminhar pelas obras e até mergulhar em duas delas.

Monte Roraima (RR e Venezuela)

Pouca gente já ouviu falar da montanha mais impressionante do norte do Brasil. O monte Roraima fica na fronteira entre três países: Brasil, Venezuela e Guiana. Para chegar lá é preciso ir pela Venezuela. Vá pronto para explorar a natureza, o monte tem o topo plano, falésias de até mil metros de altura e várias cavernas. A vegetação lá no alto é conhecida pelas plantas carnívoras, e é bem diferente da floresta tropical da base da montanha. Para chegar você pode ir até Boa Vista e depois viaja para a Venezuela.

Chapada dos Veadeiros (GO)

A chapada tem rios, paredões de pedra, grutas, piscinas naturais, rochas “lunares” e cachoreiras gigantes de 100 metros de altura, tudo isso cercado de cerrado. O principal ponto é o Parque nacional da Chapada dos Veadeiros, que foi considerado patrimônio natural pela Unesco. Curiosamente a região está na mesma latutide de Machu Picchu, no Peru, o que é um prato cheio para os mais místicos. A cidade de Alto Paraíso de Goiás concentra a maioria dos visitantes e está cheia de referências exotéricas, centros de meditação, e histórias curiosas.

Brasília (DF)

Brasília é uma obra de arte a céu aberto e recebeu o título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. A planta da cidade em forma de avião concentra os prédios ousados projetados Oscar Niemeyer. Mas Brasília não é só arquitetura, cada superquadra tem seu charme, seus barzinhos e restaurantes especiais. Para refrescar o calor do cerrado, tem ainda o parque Água Mineral, com piscinas naturais.

Chapada dos Guimarães e Pantanal (MT/MS)

A vista dos paredões alaranjados de arenito é de cair o queixo. Cachoeiras, cânions e pinturas rupestres são as principais atrações que atraem amantes da natureza e também os mais exotéricos. Algumas trilhas podem ser percorridas de bicicleta. A 46 km da cidade de Chapada dos Guimarães fica a maior caverna de arenito do país, Aroe Jari, e a Lagoa Azul, uma piscina natural de água cristalina. Da chapada você avista a planície do Pantanal, outro atrativo da região, um ecossistema único, por isso é tão incrível e frágil.

Fernando de Noronha (PE)

O arquipélago de Fernando de Noronha é um dos lugares mais belos do país, também considerado patrimônio mundial pela Unesco. Por ser um ecossistema delicado, há restrições no número de visitantes, o que torna a viagem ainda mais especial. Lá você curte águas quentes para nadar com golfinhos, tartarugas marinhas e até tubarões.

Floresta Amazônica

Tão gigante quanto desconhecida, a Floresta Amazônica ocupa os territórios do Brasil, Peru, Colômbia, Venezuela, Equador e Bolívia. Opções do que fazer na Amazônia não faltam. Você pode se hospedar no meio da floresta, fazer trekking na selva com guias especializados, visitar tribos indígenas, explorar os imensos rios da bacia amazônica de barco e nadar com os botos. Só visitando para entender a dimensão da riqueza natural amazônica.

Animou com nossos 10 lugares para conhecer no Brasil antes de morrer?
Leia mais em http://www.momondo.com.br/inspiracao/lugares-para-conhecer-no-brasil-antes-de-morrer/#DMy5E2fLMG0fZbWy.99

Comentários

Leave a Response